Idioma

+18

Alguns posts desse Blog podem ser recomendado para maiores de 18 anos devido ao conteúdo explicito;

23 de set de 2012

Os 120 dias de Sodoma Ou A Escola de Libertinagem (1785) Les 120 journées de Sodome or l'école du libertinage) (Marquês de Sade)


Obs: Esse post é recomendado para maiores de 18 anos. A linguagem e expressões usadas pode ser consideradas ofensivas para algumas pessoas.
Os 120 dias de Sodoma ou A escola de Libertinagem (1785) Les 120 journées de Sodome or l'école du libertinage) (Satisfária hoje em dia?) Relembrando Artes do Passado por Francesco Castrelly episódio 48: Lembrando que nem tudo é fato algumas coisas se tratam de minha opinião então não se ofendam caso não concordem comigo.


 Dia 21 de agosto esse blog fez aniversário e eu não fiz um post especial comemorativo por extrema falta de tempo, esto trabalhando e raramente tenho tempo para me dedicar ao blog, mas meu esforço esta sendo feito... Estou há um ano e um mês tentando dividir comigo minhas informações e devo dizer que vocês já devem ter notado o interesse que tenho por coisas antigas... Muitos devem ter se perguntando porque coloquei o selo de "Conteúdo impróprio" bem, tenho feito varias postagens sobre filmes quase pornográficos e acho que os pais de uma criança não iriam gostar nada, uma das personalidades históricas que mais me chamou a atenção e digo que tenho um idolatro especial por ele, mesmo vocês achando super estranho é nada mais nada menos que um homem que morreu há 198 anos atrás: Alphonse Donatien François de Sade, mais conhecido como Marquês de Sade e me sinto na obrigação de explicar um pouco sobre ele antes de falar desse livro de leitura no minimo diferente. 
 O Marques de Sade (1740-1814) foi uma pessoa tão escandalosa, que choca as pessoas mesmo hoje em dia, derivado de seu nome "Sade" saiu a palavra "Sadismo" que vem do prazer em ver seu parceiro sexual sofrendo, ele foi um homem que aprontou horrores sexuais na sua juventude, e foi obrigado e se aquietar depois de passar praticamente o resto de sua vida sendo preso e solto, e nessas prisões ele escreveu diversos livros, usando todo o conhecimento em seu erotismo neles, ele foi uma das primeiras pessoas a lidar com a pornografia, e provavelmente foi e que mais ficou famoso, e mesmo hoje em dia ele meio que tenha caído no esquecimento, sua importância histórica é bem relevante, e seus livros que fazem qualquer filme pornô parecer um filme da disney geram no minimo curiosidade.
 Nem todos seus livros são como se pode dizer ultra pesados, suas obras mais extremas com certeza são: Filosofia na Alcova que em breve eu vou falar, e com certeza 120 dias de Sodoma que é de todos o seu livro mais extremo, um livro que não é para qualquer um ler, a pessoa tem que ter uma mente no mínimo aberta, e se você é daqueles punheteiros que querem ver uma safadeza logo digo, dificilmente você sentirá tesão lendo esse livro a menos que tenha um desvio sexual pervertido muito auto mesmo. 
 Essa foto acima é um desenho dos manuscritos originais do livro, e a história disso é no minimo curiosa: Quando Sade tinha novamente sido preso, com luz do sol apenas dez minutos por dia, confinado, ele pegou um pergaminho e escreveu em uns três meses, todas as mais de trezentas paginas do livro, o que chega a ser impressionante um livro ser terminado em tão pouco tempo nas condições que ele se encontrava, em transferência de prisão, ele acabou perdendo os manuscritos, e o fez "Chorar lagrimas de Sangue" segundo suas próprias palavras... O Autor morreu acreditando ter perdido para sempre sua obra que considerava a melhor que havia escrito.  Uns anos após sua morte o livro fora achado e só publicado mais de cinquenta anos talvez até um século não me recordo bem, devido a seu conteúdo explosivo, e assim saiu os 120 dias de Sodoma.
 Do que fala o livro? Bem a história é simples e crua, quatro libertinos (O Bispo, Magistrado, Presidente e o Duque) todos referidos no livro como "Os amigos", homens desprezíveis e pervertidos que comem as próprias filhas, decidem unir suas fortunas para bancar a maior orgia já concebida pela mente humana então compram um castelo isolado, e unem quatro "fodedores" homens de dote grande (Eles gostam dessas coisas sim) quatro ex-prostitutas para contar histórias, oito vitimas masculinas e oito femininas, todos entre quinze e dezesseis anos, e essas vitimas passarão as piores coisas da vida delas, as prostitutas contam histórias de sua vida e as histórias inspiram os libertinos a fazerem com as vitimas, o livro tem esses ciclos: Paixões Simples, Paixões Complexas, Paixões Criminosas e Paixões assassinas, as paixões simples são de sexo que nem envolve penetração apenas fetichismo mesmo... Já as proximas envolvem sexo com urina, fezes, e as ultimas já envolvem tortura, amputação, mutilação e amputação. Como já havia dito que o que é contado era feito com as vitimas ficamos sabendo que a orgia termina em carnificina. Um livro fortissímo, leia apenas se tiver a mente aberta. O Livro teve uma adaptação para o cinema por ninguém mais ninguém menos que Pier Paolo Pasolini (Isso o mesmo autor de o Evangelho segundo matheus ) o filme se chama Saló Ou os 120 dias de Sodoma veja a capa abaixo:

Eu tenho o Dvd e o livro, e pela capa como ja estão vendo ja é algo chocante, o filme segue o livro de maneira fiel mas dá um passo além, ao invés de se passar no Século XVIII como se passa no livro a história se passa em plena época do Fascismo, ou seja Pasolini usou a história chocante do Marquês para fazer uma critica como um soco no estomago ao Nazi-Fascismo, e o filme é considerado um dos mais chocantes junto com Pink Flamingos, Caligula e Holocausto Canibal (Curioso saber que todos esses eu tenho em DVD para vocês verem meu gosto por coisas polemicas) o filme é proibido em diversos países assistam se tiverem coragem em breve farei um artigo somente do filme.

  O história do Marques de Sade também teve uma adaptação para peça de teatro mas esse eu não tenho muitas informações nem cheguei a assistir mas deve ser tão chocante quanto deve ser. Veja uma foto.

Como ja disse os 120 dias de Sodoma é o livro mais impuro já escrito e lendo isso pode se ter certeza absolta.Apesar do filme de Pasolini ter sido bem polêmico, obviamente, não mostrou nem 10% do que é mostrado no livro, e mesmo que quisesse não daria em um filme de duas horas. O Livro contém mais de 360 paginas, e isso é em letra pequena, o que significa que se tivesse sido em letras maiores daria bem mais do que isso. 
Talvez ninguém nunca tenha coragem de mostrar o que foi exposto nesse livro, e olha que o que esse livro é de pleno século XVIII, época que as prostitutas ainda usavam vestidos. 120 dias de Sodoma é um verdadeiro manual de perversões. As razões mais obvias talvez tenha sido atacar a igreja e os valores morais, e mostrar, que sempre existiu o que se fazia sem ser nas vistas dos outros embora a hipocrisia e o falso moralismo reinasse bem mais ali naqueles tempos. Veja oito razões para o livro ser totalmente o oposto da bíblia.
1° Personagens Monstruosos. 
O Livro contém com exceção das vítimas, que são obrigadas a fazer tais atrocidades, pessoas sem o minimo caráter moral, ética piedade nem mesmo para com seus próprios parentes. 
Parafilias. Após ler o texto do wikipédia e ler o livro verá que todas as parafilias registradas na lista estão no livro é como se Sade quisesse num único livro unir todos os tipos de perversão possível. Vou citar algumas delas que são pervertidas até mesmo para o padrão pervertido. Necrofilia, Sadomasoquismo pesado mesmo, Urofilia, Emetofilia, Flatofilia e o pior de todos: Coprofilia e Coprofagia. Registrado em quase todo o livro da meneira mais desagradável possivel. Todos os significados das palavras que citei estão na lista de parafilias, confiram.
3°Incesto. Aqui os pais transam com suas próprias filhas, sem falar entre mãe, sobrinhos irmão e etc.
4º Pedofilia. Para começar os sequestrados estão entre 12 e 14 anos, sem falar nas histórias contadas pelas ex prostitutas que relatam casos até mesmo de crianças de 8 anos, e até menos.
5°Inversão de valores morais. Aqui pode até soar estranho eu dizer isso você poderia dizer. Ava é mesmo? Depois de tudo que li aqui é lógico que dá para reparar, mas aqui temos ensinamentos de tudo que não se deve aprender, como odiar os pais, odiar deus, odiar todos os laços de família e se importar apenas consigo mesmo.
6ºIsso até foi citado nas parafilias, mas merece um destaque especial, extrema crueldade, tanto psicológica, quanto física, as vitimas são colocadas numa situação extremamente revoltante, sendo humilhados, torturados, e muitos mortos, uma violência totalmente extrema que fará o livro Laranja mecânica parecer o aprendendo a ler com Xuxa. 
7º Profanação religiosa. Coisa também bastante notável em outras obras do Sade como Filosofia na Alcova, diálogos entre um padre e um moribundo, mas aqui o limite passa do extremo. Deus é ofendido xingado e diversos atos de profanação religiosa são mostrados aqui, como hostias usadas como masturbadores, crucifixos idem, coisas que se você ficou chocado com a cena de o Exorcista que a menina possuída se masturba com o crucifixo, nunca mais verá com os mesmos olhos. Uma das frases mais assustadoras citadas é: Se Deus existisse ele não deixaria a gente estar fazendo isso com vocês. O Mais assustador é que os Libertinos desse livro são maus e sabem muito bem que são.
8º Racismo. Nessa época a escravidão ainda era uma realidade, e os negros são citados de maneira nada legal. Numa parte do livro uma Prostituta diz que tinha um cliente que tinha atração por monstros, negros e pessoas disformes. (Porque os negros ficaram no meio dos monstros e pessoas disformes?)






















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Detonado Completo do Manhunt

Detonado Completo do Manhunt
Detonado completo do Manhun (Para ver os primeiros clique em postagens antigas)

Edvander Santos

Edvander Santos
Aqui alguns videos meus tocando guita