Idioma

+18

Alguns posts desse Blog podem ser recomendado para maiores de 18 anos devido ao conteúdo explicito;

15 de out de 2011

O Iluminado Stephen King 1977

O Iluminado Stephen King (Satisfária hoje em dia?) Por: Edvander Santos
Relembrando artes do passado episódio 14: Por Edvander Santos
Obs: Nem tudo que vocês lerem aqui é fato algumas coisas se tratam da minha opinião, então não fiquem ofendidos caso não concordem comigo

Bom pelo conteúdo desse blog vocês já devem ter notado que eu amo filmes de terror, nunca neguei isso e adoro filmes de monstros e zumbis mas não existe terror maior do que os mais realistas, os que envolvem pessoas e fatos reais pois nos dá uma sensação preocupante sabendo que  tal situação poderia acontecer com qualquer pessoa. Stephen King é um dos escritores de horror mais conhecidos que tem e também é um dos que mais tem livros adaptados para filmes, como no caso de carrie a estranha, a hora do lobisomem (Prefiro falar Bala de prata porque achei essa tradução deprimente), a hora do vampiro, Cujo o cão raivoso entre outras e claro O Iluminado de 1977 que é a estrela desse artigo de hoje. Existem duas teorias no mundo: A Teoria espiritual e sobrenatural que a gente acredita mas nao tem provas concretas, e a teoria medica eu cientificamente explicada, coisa que o livro explora.
Do que se trata? Fala sobre um ex-alcoólatra chamado Jack Torrance que consegue emprego de zelador num hotel luxuoso e leva sua esposa e seu filho de 5 anos, sozinho ele aos poucos vai enlouquecendo, e o seu filho que tem um dom paranormal de ver espíritos do passado tem seu pesadelo virando realidade pois o hotel é colecionador de tragedias pelo fato de ser muito antigo, os espíritos malignos no inicio tentam enlouquecer Danny mas não funciona então eles tentam pelo mais fraco que no caso é Jack, e o livro nos dá aquela sensação de claustrofobia e sentimos em Wendy que ela está completamente presa num hotel enorme, no meio da neve com um homem que pode estar se transformando em psicopata. Há duas explicações pelo tal enlouquecimento aos poucos de Jack: 1ª O isolamento 2ª os espíritos poderiam ter o possuído, ou quem sabe os dois dependendo do ponto de vista de quem ler. O que eu acho impressionante em obras de ficção como essa é a questão de nos deixar duvidas que podem ter varias explicações até pra própria pessoa que criou a obra. Eu conheci a obra pelo filme do Stanley Kubrick, assisti a refilmagem e depois li o livro mas recomendo que confira os 3 não importa em qual ordem seja. O 1º filme se foca mais no isolamento que nos fantasmas e o 2º mais nos fantasmas que no isolamento... o primeiro foi:
O Iluminado (1980) Stanley Kubrick era mestre de filmes polêmicos e claro muito bons como por exemplo o ultra-violento Laranja Mecanica, e claro O Iluminado com Jack Nicholson que nada que esteja com ele pode dar errado. Esse filme é tido como um dos mais assustadores de terror, e tem um show de atuação de Jack Nicholson com suas caras demoniacas, do ator que faz Danny, a atriz que faz Wendy a esposa de Jack teve sua atuação bastante criticada, sendo indicada a framboesa de ouro, mas o filme é visto até hoje como um classico.


O Iluminado (1997) Na verdade foi uma mini-série de tv que foi lançado em VHS e DVD mais tarde, realmente o filme o longo mas não se torna cansativo como dizem vários. Todos gostaram da primeira versão do Iluminado menos o próprio Stephen King que achou que o filme não passava a mensagem do livro e ajudou a fazer essa refilmagem que se considera uma versão fiel e definitiva ao livro. Apesar do primeiro filme ser mais bom que comer um banquete após passar 3 dias sem comer realmente ha certas coisas que você só entenderia ou se assistisse essa versão ou lesse o livro antes de assistir como por exemplo: Não é citado que Jack é alcoólatra como nesse filme o no livro, exceto quando ele diz que daria até sua alma por um copo de cerveja, e outra hora que ele engole algo e mastiga que são seus comprimidos para dor de cabeça. Apesar desse filme ser bom não acho que tenha tanta emoção quanto o primeiro mas mesmo assim Steven Weber também foi ótimo como Jack, o danny eu nao gostei tanto quanto o primeiro e a wendy bem melhor que a primeira que parecia a olivia palito, o filme é muito bom e vale a pena conferir.


Conclusão? A História em si merece nota 10, eu não vou contar com riquezas de detalhes para não estragar a surpresa de quem ainda não leu ou assistiu, eu recomendo que leiam o livro e assistam os dois filmes na ordem que vocês quiserem, com certeza é uma das melhores obras de Stephen King.





Bônus:
Vamos agora apontar as diferenças entre o filme e o livro: (Do filme me refiro até os dois, mas vou citar mais o de Stanley Kubrick pois é o que apresenta bem mais diferenças do livro que o segundo)
-No livro e até no segundo filme, Jack é um ex-alcoólatra, fato que é apenas insinuado no filme de Stanley Kubrick , o temperamente instável de Jack quando está bêbado também a bastante realçado, enquanto no primeiro filme também é insinuado  como por exemplo o fato de Jack ter quebrado o braço de Danny.
-No livro o quarto assombrado a o 217, enquanto filme é 237, fato que ocorreu pelo fato do dono do hotel temer que ninguém quisesse mais ficar naquele quarto, então Kubrick optou por um numero inexistente no hotel.
-No filme de Kubrick, Jack não demora muito para enlouquecer e começa a apresentar sinais de loucura desde o inicio, no livro e no segundo filme que vou parar de citá-lo, pois vocês sabem que é bem mais fiel ao livro e pronto, Jack demora bem mais a enlouquecer.
-No livro há um jardim de toparia em forma de animais vivo, no filme é cortado pelo fato de o orçamento daquele tempo não permitir, a topiaria foi trocada por um labirinto. 
-Danny tem 5 anos no livro, na segunda adaptação (Sim mesmo ela tem suas infilidelidades hahah) ele tem 6. 
-Jack é descrito como um homem meio feio no livro, e careca, na segunda adaptação, Steven Webber é um cara mais boa pinta, em questão que King não gostou de Jack Nicholson como Torrance eu digo que ele é mais parecido com o Jack do livro do que Webber. 
-Wendy já é descrita como uma mulher bonita, e no livro se demonstra decidida, e forte, assim consegue vencer o marido louco. No filme de Stanley, ela é feia, chata e chorona, e dá a impressão de que venceu mais por sorte do que por habilidades. 
-No livro, o cozinheiro Dick Halloran, não morre ao ser atacado por Jack, já no primeiro filme sim. O que soaria meio contraditório. Como que um cara que consegue até ver o futuro iria no hotel sem prever que poderia até morrer?
-No livro, a arma de Jack é um taco de Hoquei, um esporte parecido com Croque criado especialmente nessa história, no filme é um machado. 
-No livro, Jack chega a agredir Wendy no filme ele nem conseguiu encostar a mão nela.
-No livro Jack realmente escreve a peça de teatro, enquanto no filme tudo que estava escrito no papel era "Muito trabalho pouca diversão fazem de Jack um bobão" na versão de Kubrick isso até soou bem.
-As gêmeas não são mostradas no livro. Essa mudança até que foi interessante no livro.
-O hotel no livro é muito mais complexo, Jack se interessa pela história e pelo passado violento do tal, no filme isso é pouco citado e o Overlook soa como um hotel comum com alguns fantasminhas. 
-Lloyd, por incrivel que pareça o garçom que Jack conversa, ele está presente no livro sim, e é cortado da segunda versão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Detonado Completo do Manhunt

Detonado Completo do Manhunt
Detonado completo do Manhun (Para ver os primeiros clique em postagens antigas)

Edvander Santos

Edvander Santos
Aqui alguns videos meus tocando guita